07/03/2017 10h09 - Atualizado em 07/03/2017 10h30

 

Os pais querem que seus filhos estejam seguros seja aonde for – até mesmo na escola. Pensando nisso, um modelo de seguro tem ganhado força a cada ano, principalmente na época de matrículas: o Seguro de Acidentes Pessoais Escolar.

Contratado exclusivamente por colégios particulares, o pacote oferece uma variedade de coberturas, que podem se estender do aluno até professores e funcionários da instituição. Além disso, em alguns casos é possível expandir o pacote e garantir segurança também fora dos muros da instituição – é isso mesmo, enquanto os alunos estiverem matriculados, eles terão direito a cobertura em caso de acidentes dentro ou fora da escola.

O seguro abrange cobertura básicas, como casos de morte, invalidez e pagamento de despesas médico-hospitalares e odontológicas; e também coberturas emergenciais, como remoção médica por acidente, transporte em caso de lesão por acidente, para tratamento fisioterápico e estadia familiar, transmissão de mensagens urgentes e reposição de aulas com professores particulares.

Uma escola que se preocupa com a educação, mas também com a segurança de seus alunos apresenta um grande diferencial do ponto de vista dos pais. Para se destacar em meio as concorrentes, muitas instituições escolares têm procurado a contratação do serviço nos últimos anos.